Vereador Igor quer saber quais são as efetivas ações da Secretaria de Meio Ambiente

por Rita Cordeiro publicado 12/06/2018 00h00, última modificação 28/06/2018 16h45
Vereador Igor quer saber quais são as efetivas ações da Secretaria de Meio Ambiente

Ver. Igor Jonas Souza Costa

 

Na 19° Reunião Ordinária, da Sessão Legislativa, da Câmara Municipal de Congonhas, dia 12 de junho de 2018, o Vereador Igor Jonas Souza Costa foi o requerente do pedido da visita do Secretário de Meio Ambiente - Neilor de Souza Aarão para falar em plenário sobre sua pasta. Ainda contestou a atitude da secretária de obras ao fazer alguns pedidos e disse que o que ele pedi não é para ele e sim para a população.

Ver. Igor cumprimentou-o e pediu que ele apresentasse informações sobre as ações de sua secretaria, da barragem da CSN e como anda o monitoramento das partículas de poluentes no município como - PTS(Partículas Totais em Suspensão); partículas inaláveis; dióxido de carbono; óxido de nitrogênio e ozônio que prejudicam tanto a saúde.

O Vereador acredita que este monitoramento caiu no esquecimento e disse que quem sofre é a população, com problemas respiratórios e doenças advindas desta poluição, principalmente, no Bairro Residencial. “traumas causados pela barragem e outros questionamentos que outros vereadores quiserem fazer serão importantes para esta discussão”. Perguntou ao secretário qual a situação do alteamento da barragem e se existe processo em andamento a respeito, no muincípio.

O Secretário Neilor em seu discurso disse que um relatório está sendo feito e que um plano único de contingência será suficiente para avaliar as ações e todas as barragens, que em Congonhas gira em torno de 26 e em outros municípios 32 estruturas, que também podem afetar, diretamente, a cidade. Relatou que a barragem que impactaria ainda mais que a barragem de Casa de Pedra é a da Gerdau, que é feita de água e é este tipo de barragem que causa maior acidente, no mundo. Tudo isto e mais será falado, em breve, em uma audiência pública.

 

Fonte: Rita Cordeiro/Assessoria de Imprensa/CMC

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.